segunda-feira, 26 de agosto de 2013

LUMINÁRIA DE BOLA DE GUDE


LUMINÁRIA DE BOLA DE GUDE: PASSO A PASSO!

Luminária de bola de gude: passo a passo!

Materiais  (re)utilizados:

180 Bolas de gude (saco com 50 bolinhas custa R$ 2,50 em loja de R$ 1,99)
Vidro reaproveitado 20cm x 20cm* (até R$ 4 em qualquer vidraçaria)
Bisnaga de silicone pequena (até R$ 3 em qualquer ferragem)
Opcional: instalação elétrica básica (fio, soquete, interruptor e flecha)
*A base poderia ter sido menor, talvez 15cm x 15cm. Acho que ficaria melhor. Se você puder arredondar os cantos, também fica bem legal.
materiais-luminaria

Passo 1 – a primeira linha:


Corte um pedaço de papel no tamanho da base de vidro (no meu caso, 20cm x 20cm) e desenhe um círculo com, aproximadamente, 10 cm de diâmetro. Veja bem, tanto a medida do vidro como do diâmetro do círculo fica a seu critério, use minhas medidas apenas como referência.  Na foto abaixo, por exemplo, dá para perceber que eu mudei de ideia quanto ao tamanho do círculo, pois havia feito maior no verso da folha.
molde-luminaria
Coloque o pedaço de papel por baixo da base, centralizando o círculo. Agora, com a linha aparecendo sob o vidro transparente, fica fácil colar as bolinhas com o silicone. Passe cola por baixo da bola e ao lado, para ela colar na seguinte. O quanto de cola utilizar, você vai aprendendo a cada nova bolinha.
A bisnaga de silicone vem com uma biqueira que você coloca no lugar da tampinha e consegue ter maior controle de onde passar a cola, porém eu não usei a biqueira e acabei utilizando um palito (pode ser hashi de comida japonesa ou palito de espetinho). Dessa forma, coloquei a cola em um jornal e com a ajuda do palito, passava na bola.
Dica: se você optar por fazer a luminária com lâmpada, deixe o espaço de uma bola aberto na primeira linha, pois por ali irá passar o fio da tomada. A segunda linha vai ignorar o espaço e seguir a linha completa. O ideal aqui, seria você já colar o soquete no meio da base, dentro do círculo de bolinhas. Outra opção é pedir na vidraçaria um furo no centro do vidro, e depois, suspender a base colando bolinhas em baixo dela (uma em cada canto). Dessa forma, o fio passaria por baixo, além de dar um acabamento legal na luminária.

Passo 2 – subindo, subindo:

Depois de terminada a primeira linha, sugiro deixar um tempo de lado para secar. Aliás, sugiro fazer isso sempre que acabar uma nova linha, assim não corre o risco de ver sua estrutura sofrendo um desmoronamento.
segunda-linha


Na segunda linha por diante, começamos a usar a paciência. Não dá para ser muito afobado, pois as bolinhas mal coladas podem cair. Um esbarrão mais forte na “torre” da luminária também pode derrubar alguma bolinha. Faça com calma e continue passando cola em baixo e do lado de cada bola.
quinta-linha
Você acaba quando achar que sua luminária está numa altura legal (ou até acabar as bolinhas). Minha luminária de bola de gude ficou com nove linhas, acho que é um tamanho legal tanto para usar com vela quanto com lâmpada.

Passo 3 – luminária pronta, faça-se a luz:

Quando finalizar a colagem das bolas, deixe uma noite de lado para secar bem.
Se você optou por fazer a luminária com vela, eu indico aquelas que vendem em lojas orientais, de meditação ou exoterismo, elas são baixas e tem uma pequena base de metal, algumas ainda são aromatizantes.
Bom, agora é só largar a vela dentro da “torre” e ascender!
 ainda dá para colar bolas em baixo da base, para que ela fique suspensa.
Aproveitem achei muito legal! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário