terça-feira, 14 de agosto de 2012

Decoração - A medida das coisas


Decoração - A medida das coisas - Sala de Estar / Jantar

Muita gente me escreve perguntando o espaço que deve haver entre isso e aquilo, a altura ideal de outra coisa, enfim, a medida das coisas. Então, vou fazer uma série de posts sobre este assunto, começando pela Sala de Estar, acrescentando outra questão importante : A proporção das coisas:
Para qualquer ambiente vc deve respeitar a proporção entre o espaço que vc possui e o tamanho dos móveis e objetos que vai colocar nele: Pequenos espaços = Móveis pequenos. Não “entulhe” a sua casa. Pense que o espaço vazio é tão importante quando o ocupado: afinal é no espaço vazio que vc se movimenta!
Mesa e cadeiras  – Jantar: É importante observar a proporção entre estes 2 móveis. Além disso, com esta tendência de cadeiras diferentes na mesa é importante saber escolher cadeiras que fiquem bem juntas e isso passa pela proporção entre elas e a altura do assento deve ser a mesma para todas.
A distância entre a cadeira e a parede deve ser, no mínimo, de 50cm. Se entre a parede e a cadeira for uma área de passagem, esta distância deve ser maior: no mínimo 60cm. Para cada cadeira deve haver um espaço de no mínimo, 45 cm na mesa (com uma cadeira estreita, claro).
Não faça isso: A proporção das mesas e cadeiras está errada e a altura dos assentos é diferente!
Área de Estar – Mesas, sofás e poltronas:
Novamente a questão do espaço para circulação deve ser considerada. O mínimo para uma boa movimentação é 60cm entre sofás, mesas de centro e poltronas.
No desenho acima, a circulação está preservada, todos os assentos tem pontos de apoio (as mesas laterais e central), a proporção entre as mesas, tapete, sofás e poltronas está coerente. As poltronas podem ser movimentadas para a conversa com quem está no sofá ou para ver a TV; a TV está centralizada em relação ao sofá. E acrescentando: A altura da tv deve ser tal que, sentado (a) no sofá e olhando para frente, vc veja o centro da tela; As mesas laterais pode ser da mesma altura, um pouco acima ou um pouco abaixo (não mais que 10 cm) do braço do sofá para servirem como apoio para os assentos; A mesa lateral retangular, na direita, pode ser retirada para que haja mais uma área de circulação, da porta abaixo para a sala de estar (isso dependerá de quanto este acesso é realizado no dia-a-dia) OU, se a sala é muito estreita, a mesa de centro pode não existir e, finalizando, a TV não deve estar de frente para uma janela  nem deve haver uma janela atrás da TV – isso prejudica a visão da imagem.
Na 1a foto, o ambiente está atarracado de móveis muito grandes, impossibilita inclusive o acesso às janelas. No 2o. ambiente, a posição da TV impossibilidade uma boa visualização.
Na 1a foto acima, a mesa central, além de muito baixa em relação aos assentos, é muito pequena, ficando distante demais dos asssentos para ser usada com conforto. E na 2a foto, a mesa é alta e e grande demais para o ambiente, sofás e poltronas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário